ADSENSE

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O Governo Sarney (1985-1990)

O governo de José Sarney representa um marco histórico do Brasil, porém a maneira como aconteceu foi trágica. Depois de 21 anos de ditadura militar, Tancredo Neves foi eleito presidente a partir do colégio eleitoral, no entanto, não teve tempo para exercer o cargo, faleceu logo após, no dia 21 de abril de 1985, quem tomou posse foi o vice José Sarney.

A instauração da Nova República ocorreu a partir da adoção e implantação de medidas no campo político, emendas na constituição da época estabelecendo entre outras, eleições diretas para a sucessão de José Sarney, acesso dos analfabetos ao voto, autonomia para criação de partidos políticos etc.

Por meio de uma Assembléia Constituinte eleita em 1986, ocorreu o principal evento durante o governo de José Sarney, que foi sem dúvida a elaboração da Constituição Federal.

A Constituinte, para a concretização da Constituição, realizou o trabalho entre fevereiro de 1987 e setembro de 1988, e ficou caracterizado por inúmeros conflitos de ordem idealista, no qual de um lado estavam os conservadores e os progressistas, compostos pelos partidos ditos como de esquerda (PT, PCB, PC do B, PDT) e uma pequena parcela do PMDB.

Enfim a Constituição foi promulgada, no dia 5 de outubro de 1988, dentre as inúmeras mudanças se destacam as do setor proletário, em que foram estabelecidos vários direitos e benefícios, como abono de férias, 40% de FGTS no ato da demissão em forma de indenização, carga horária que antes eram de 48 horas foi reduzida para 44 e licença maternidade que era de 90 dias e saltou para 120.

Outras questões antes tratadas com displicência como o racismo por parte das autoridades, com a nova Constituição tornou-se crime inafiançável, entre diversas mudanças relacionadas aos direitos humanos.

Embora o estabelecimento da Constituição tenha trazido inúmeras mudanças, o setor econômico se encontrava em um momento de intensa instabilidade, a prova disso era a inflação que no ano de 1985 atingia o incrível percentual de 235% ao ano. Para restringir o crescimento da inflação o governo elaborou um projeto em fevereiro de 1986, que tinha como finalidade estabilizar a economia, implantando o plano cruzado, esse plano visava congelar os preços e substituir o cruzeiro pelo cruzado.

A população aceitou de forma positiva o plano cruzado, como a base do governo era do PMDB nas eleições que ocorreram em 1986 o partido conseguiu eleger 22 governadores dos 23 estados da época, fortalecendo a base governista.

Mas a tranqüilidade do governo durou pouco, pois logo depois ocorreu uma avalanche de problemas econômicos, mercadorias elevaram os preços, vendas de produtos usados como novos, falta de carne, pois os fazendeiros se negavam a vender os bois com preço de tabela, e então o plano perdeu seu efeito.

No término do governo Sarney a inflação alcançou a marca de 84,32% ao mês, devido a isso e outras temáticas a reputação do governo se reduziu a zero.

Um comentário: