ADSENSE

sábado, 7 de novembro de 2009

Marquês de Tamandaré

Joaquim Marques Lisboa, almirante da Marinha Brasileira, tinha o título de Marquês de Tamandaré. Nasceu no Rio Grande do Sul no dia 13 de Dezembro de 1807; faleceu no Rio de Janeiro no dia 29 de março de 1897. Ingressou na Marinha aos 16 anos, travando os primeiros combates na Baia de Todos os Santos. Participou da Esquadra na Baia de Todos os Santos, ltaparica e Recôncavo em 1824. Seguiu depois para as duas malogradas expedições da Patagônia, sendo aprisionado pelos argentinos. Porém conseguiu libertar-se do navio em que se encontravam juntamente com os seus companheiros.

Voltando à atividade, naufragou a fragata “Maceió”, conseguindo contudo salvar-se e logo depois, comandando a mesma “Bela Maria” obrigou, durante a batalha dos Baixios de Arequi o brigue esama argentino “Oito de Fevereiro” a render-se. Foi promovido a Chefe na Europa como Chefe da Comissão Naval Brasileira, fiscalizando a construção de um grupo de canhoneiras. De regresso ao Brasil foi nomeado Comandante da Esquadra que se encontrava em operações contra o Uruguai, tendo as- sistido a tomada de Paissandu. Lutou também na Guerra do Paraguai, tendo seu Quartel General instalado na Corveta Niterói. Retornando ao Rio de Janeiro, foi promovido a Almirante. Após o término da Guerra do Paraguai, Tamandaré foi convidado a ocupar importantes cargos oficiais. Com o advento da República, terminou a sua vida pública. Escrevera uma longa lista de serviços prestados à Pátria, um mais relevante do que o outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário