ADSENSE

quinta-feira, 4 de março de 2010

Domingos Jorge Velho

Desbravador brasileiro nascido na Vila de Parnaíba, SP, comandante da expedição que destruiu o quilombo dos Palmares e considerado um dos bandeirantes mais ativos do período de caça ao índio. Foi o primeiro desbravador do Piauí, onde chegou através da Bahia, procedente da região de Taubaté e do rio das Velhas. Na realidade um cruel mercenário a soldo das autoridades ou dos criadores de gado do Nordeste. 

A serviço do senhor da Casa da Torre, Francisco Dias de Ávila, encarregou-se do apresamento de índios no sertão do Nordeste. Mais tarde, a serviço de João da Cunha Souto Maior, governador de Pernambuco, preparou e liderou uma grande expedição para combater os negros do quilombo dos Palmares e, com a ajuda de Bernardo Vieira de Melo, Sebastião Dias, Matias Cardoso de Almeida e Cristóvão de Mendonça Arrais, venceu os negros liderados por Zumbi (1694). 

Em seguida, foi designado chefe da expedição organizada para combater a confederação dos cariris, que subjugou indígenas nos estados de Piauí, Ceará e Maranhão. Pelos serviços prestados, o bandeirante recebeu a patente de mestre-de-campo e morreu em Piancó, cidade do alto sertão da Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário