ADSENSE

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Imigração Holandesa no Brasil

O movimento migratório dos holandeses  ocorreu nos séculos 19 e 20 e em várias regiões do Brasil. Devido á fome, miséria, desemprego e a devastação causada pela Segunda Guerra Mundial, muitos holandeses vieram para o Brasil, que naquela época precisava de mão-de-obra escrava com o objetivo de desenvolver o interior do país. Os primeiros imigrantes holandeses chegaram ao Brasil em 1858 e fundaram em 1860 a colônia Holandesa no Espírito Santo. Entre os anos de 1899 á 1940, emigraram para o Brasil cerca de 8.200 holandeses, sendo assim considerado o auge da imigração holandesa no país. O governo brasileiro iniciou um projeto de colonização para a instalação dos imigrantes europeus. Em 1908, os holandeses vindos da Holanda do Sul, fundaram a colônia Gonçalves Júnior no Paraná. Encontraram muitas dificuldades como matas densas, endemias, pragas de gafanhotos, ratos e porcos-do-mato, o que resultou na dispersão da colônia.

Memorial da Imigração no PR.
Em 1911, cerca de 450 imigrantes holandeses estabeleceram-se em Carambeí, no Paraná. Alguns desses imigrantes eram colonos de Gonçalves Júnior. Em 1925, fundaram a Sociedade Cooperativa Hollandeza de Laticínios Batavo, a primeira cooperativa de laticínios do Brasil, sendo nacionalmente conhecida como Batavo desde 1941. Após a Segunda Guerra Mundial, cerca de 6.098 holandeses imigraram para o Brasil, entre os anos de 1946 á 1976. Estes imigrantes trouxeram consigo tratores, máquinas agrícolas e cabeças de gado. No dia 14 de julho de 1948, cerca de 500 holandeses fundaram a colônia Holambra I e a Cooperativa Agropecuária Holambra  na antiga fazenda Ribeirão em São Paulo. Holambra é nacionalmente conhecida como a cidade das flores e é o maior produtor e exportador florícola do Brasil.

Em 1949, um grupo de imigrantes holandeses estabelecem-se em Não Me Toque, No Rio Grande do Sul. Eles adquiriram as terras desgastadas e rejeitadas pelos imigrantes alemães e estabeleceram modernas empresas agrícolas, tornado-se grandes produtores de soja e trigo. Em 1951, fundaram a colônia Castrolanda no Paraná. Naquele mesmo ano fundaram a  Sociedade Cooperativa Castrolanda , considerada a mais produtiva e avançada bacia leiteira do país. A imigração holandesa entrou em declínio na década de 80 devido a desestimulação do governo brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário