ADSENSE

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Update: Dom João VI (18/02/2011)

13 de maio de 1767, Lisboa - 10 de março de 1826, Lisboa
Dom João VI.
Quando a corte portuguesa se transferiu para o Brasil, em 1808, a cidade do Rio de Janeiro era pobre e mal urbanizada. O rei dom João 6o ordenou que se procurassem as melhores construções da cidade, que seriam desocupadas para residência dos nobres. Em cada casa, ordenou que se pintassem as letras P. R., significando "Príncipe Regente". Mas para o espírito gaiato do povo brasileiro, as iniciais passaram a significar "Ponha-se na Rua". A verdade é que não só o Rio de Janeiro, mas o Brasil sofreu transformação sem igual com a chegada da corte portuguesa. Segundo filho de dom Pedro III e de dona Maria Isabel, João Maria José Francisco Xavier de Paula Luís Antonio Domingos Rafael nasceu e cresceu em Lisboa, no Palácio Real da Ajuda. Aos 18 anos, casou-se com dona Carlota Joaquina, infanta de Espanha, de apenas 10 anos. O casal teve nove filhos, entre eles dom Pedro, primeiro imperador do Brasil, e dom Miguel, rei de Portugal. Três anos depois, dom João foi declarado herdeiro do trono, em virtude do falecimento de dom José, seu irmão primogênito. Em 1792, passou a reinar, em virtude do problema de saúde mental de sua mãe.

Em 1799, dom João tornou-se príncipe regente. Com a invasão de Portugal pelas tropas napoleônicas, em 1808, a família real transferiu-se com toda a corte portuguesa para o Rio de Janeiro. O governo de dom João efetuou transformações importantes para a vida econômica e cultural da colônia, como a abertura dos portos, a implantação do livre comércio e a criação de instituições públicas e culturais. A cidade do Rio de Janeiro também conheceu um surto de urbanização e a introdução de hábitos e costumes cosmopolitas. Em 1816, com a morte de D. Maria I, tornou-se dom João VI e subiu ao trono português sendo aclamado, em 1818, rei de Portugal, do Brasil e Algarves. 

A revolução liberal de 1820, que eclodiu na cidade do Porto, obrigou a família real a regressar a Portugal. Em 1821, dom João 6o deixou o Brasil, seguindo para Portugal. D. Pedro I assumiu o trono brasileiro como príncipe regente. Em Portugal, dom João VI foi obrigado a assinar a constituição, que vigorou apenas alguns meses. Seu filho dom Miguel organizou um movimento absolutista e dom João foi reposto como rei. Dom João VI governou Portugal até seu falecimento, em 1826, aos 58 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário